Impostômetro

12 de abril de 2013

Análise das inovações nas relações com o mercado na agricultura orgânica brasileira



RESUMO: Apesar do grande progresso da produção agroecológica frente à agricultura convencional, ainda há muito a ser feito para que haja maior conscientização e consumo dos alimentos orgânicos. O governo brasileiro tem provido um ambiente cada vez mais favorável para o cultivo de produtos orgânicos com a aprovação de leis e instruções normativas específicas para o desenvolvimento deste mercado. Este trabalho visa analisar as inovações observadas na comercialização, distribuição e divulgação dos alimentos orgânicos para compreender a situação atual deste mercado e de que forma contribuem para que haja uma diminuição nos custos de produção e, consequentemente, nos preços. Para tanto, será apresentada a literatura pertinente à evolução das inovações no meio agrícola como processo histórico para se alcançar as inovações presentes no mercado de alimentos orgânicos nos dias de hoje. Serão expostas as visões de teóricos das correntes Clássica, Marxista, Neoclássica, Schumpeteriana e Neo-Schumpeteriana. Será analisada ainda a legislação vigente e as perspectivas futuras para melhorias da agricultura orgânica. Nesta pesquisa, foram utilizadas fontes de informações primárias e secundárias para uma discussão concisa com os dados e resultados provenientes da literatura estudada.

ACESSE E CONTINUE LENDO:



Postar um comentário